segunda-feira, 11 de agosto de 2014







Particularidades ...


Muitas vezes, a sós, eu me analiso e estudo,
os meus gostos crimino e busco, em vão torcê-los;
é incrível a paixão que me absorve por tudo
quanto é sedoso, suave ao tato: a coma... Os pêlos...

 
Amo as noites de luar porque são de veludo,
delicio-me quando, acaso, sinto, pelos
meus frágeis membros, sobre o meu corpo desnudo
em carícias sutis, rolarem-me os cabelos.

 
Pela fria estação, que aos mais seres eriça,
andam-me pelo corpo espasmos repetidos,
às luvas de camurça, às boas, à pelica...


O meu tato se estende a todos os sentidos;
sou toda languidez, sonolência, preguiça,
se me quedo a fitar tapetes estendidos.
                                          
                                                               Gilka Machado 
                          
                         Ótima semana à todos!!!




 

8 comentários:

  1. Bom dia Cidinha

    Uma linda semana pra vc =)

    ResponderExcluir
  2. Um poema com introspecção de vida singular!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Cidinha! Bela imagem, belo texto! Obrigado, boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Particularidades desnudadas e que muitos compartilhamos. Sempre os sentidos a trazê-las até nós.
    Querida Cidinha, tenha uma linda semana. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Aguardo o próximo post, Cidinha. Boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga boa noite hoje vim só para lhe desejar uma linda semana para você!
    abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir

Pode comentar!